jusbrasil.com.br
9 de Dezembro de 2018

Colômbia integra acordo de residência no Mercosul

Ministério da Justiça
há 6 anos

A Colômbia aderiu ao Acordo de Residência do Mercosul e Associados. Agora, colombianos podem vir morar no Brasil sem exigência de vínculo prévio com universidade ou empresa para trabalhar ou estudar. O mesmo vale para os brasileiros que quiserem residir na Colômbia.

Até a entrada da Colômbia, sete países haviam assinado o documento: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Chile e Peru. O acordo de residência será um dos temas da 32ª Reunião de Ministros do Interior da Justiça do Mercosul e na 45ª Reunião do Foro Especializado Migratório, que o Ministério da Justiça organiza nessa semana, de 29 a 31 de agosto, em Brasília.

Atualmente, cerca de 8 mil colombianos residem regularmente no Brasil. Com a adesão da Colômbia, a tendência é aumentar esse número. O acordo sobre residência do Mercosul permite, no caso agora aos colombianos, morar no país sem vínculo de trabalho ou de estudo.

O acordo de residência para os nacionais de países que integram o Mercosul, ou associados ao bloco, é um passo para a livre circulação de seus cidadãos no território latino-americano. Isso amplia os propósitos do Mercosul, que se fortalece, afirma o secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão.

A diretora do Departamento de Estrangeiros da SNJ, Izaura Soares, explica que, com o acordo, colombianos e outros cidadãos de países do Mercosul que queiram morar no Brasil devem solicitar residência no consulado brasileiro, no país em que estiver. Não é necessário visto de trabalho ou estudo. Aos que já estiverem no Brasil e forem nacionais do Mercosul, ela orienta como proceder a regularização: Aqueles que já estão no Brasil devem dirigir-se à Polícia Federal para requerer a residência temporária com base no acordo.

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Gostaria de obter o visto de residencia na colo.bia. somente. continuar lendo

Eu já havia lido isso no site do Ministério da Justiça. Gostaria de saber onde se encontra a Lei, Decisão, Acordo ou qualquer documento comprobatório do Ingresso da Colômbia no Mercosul.
Obrigado. continuar lendo